Por Carlos Giordano Jr.

Divirta-se com Artigos, Crônicas, Poesias e Poemas, Gastronomia e Administração.
Direitos autorais reservados

domingo, 15 de abril de 2007

Largue Tudo

Sábado de Carnaval
Meio animado, meio triste
Vá fazer uma comida
Chamar seu amigo
Tomar umas tantas
E rir da vida
Rir de tudo

Largue tudo...
Saia correndo
Não atenda o telefone
Atenda você, ligue em você
Corte o fio da internet
Ligue o fio do desejo
Na tomada do amor
E parta pro abraço

Largue tudo...
Nêgo chato e suado
Bafudo e babão
Sovaco fedido e pinga na mão
Corra disso, vá na contramão
Pegue a viola, faça uma serenata
Para aquela que te espera
E receba um sorriso de gratidão

Largue tudo...
Vá no mercadão comer pastel
Faça amizade, fale com o povo
Passe na beira do rio e de uma cuspida
Traga sardinha e ponha na brasa
Só com sal grosso, à portuguesa
Tome um trago e caia na rede
Cochile, ronque e peide à vontade

Largue tudo...
Porque hoje é sábado
Leia um livro
Mas um que seja bom
Pode ser aquele que conta a história
Do Criador
Reflita, repense e compense
A falta que faz o Seu Divino amor.

Nenhum comentário: