Por Carlos Giordano Jr.

Divirta-se com Artigos, Crônicas, Poesias e Poemas, Gastronomia e Administração.
Direitos autorais reservados

terça-feira, 13 de outubro de 2009

Paella feita de amigos


Não precisa nem insistir.

Quando Carlinhos telefonou, já sabia que era para coisa boa. E num minuto, estávamos, os dois irmãos, e quatro amigos reunidos na Feirinha de Peixes de Bertioga. Que festa.

Como sempre, as dúvidas na escolha do melhor pescado rompiam, de quebra, a realização da compra compulsiva. Melhor assim, sempre.

Lulas frescas, camarão VG com casca e cabeça, filé de camarão, postas de caçonete, mariscos gigantes de cativeiro, e meia dúzia de caranguejo vivo, esse foi o estrago que fizemos na natureza. Pelo menos nesse dia.

Flavinho nos recebeu na casa do sogro, com o novo fogão, comprado para essa festa. Que simpatia. Cabra bão ta ali.

O Carlinhos, amigo de longa jornada, irmão por escolha, não sabe o que fazer para alegrar a turma. E faz. Sempre consegue deixar todos felizes. Esse é seu carma.

O prato escolhido previamente, seria o retrato da alegria e felicidade desejada para aquele momento.

O arroz arbóreo, deitado no azeite espanhol que recebeu files de alho e fatias de cebola bem fininhas, foi fritando até ficar branquinho, depois de embebido no vinho branco, refogou até ficar al dente.

O aroma e o buquê já prenunciavam o deleite que viria na seqüência.

Pistilos de azafran Espanhol coloriram ainda mais aquela pintura. Os camarões limpos e os files de caçonete foram colocados no seu tempo, junto com os tomates sem pele cortados rusticamente em grandes e disformes pedaços.

Ervilhas lançadas por cima, junto com as lulas sapecadas no azeite previamente, fizeram o povo aplaudir como num concerto.

Quando agreguei os camarões flambados no wisky na frigideira de ágata branca bem quente, colocando-os como raios em torno da paella, só esperaram a decoração dos caranguejos já limpos e cozidos na água e sal.

Pimenta do reino moída em cima, uma graça de cheiro verde para colorir e risos alegres a se admirar.

Depois da seção de fotos. Nem o cachorro experimentou.

Obrigado aos irmãos Carlinhos e Flavio pelo feliz final de semana.

Nenhum comentário: