Por Carlos Giordano Jr.

Divirta-se com Artigos, Crônicas, Poesias e Poemas, Gastronomia e Administração.
Direitos autorais reservados

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Cínico é o político brasileiro

"Na casa de um rico não há lugar para se cuspir, a não ser em sua cara."
— Diógenes de Sino

Diógenes era um filósofo grego que dedicou sua vida à procura, em vão, de um homem honesto ao perambular pelas ruas sempre com um lampião aceso às mãos.

Afirmou também que não há escravidão sem que se deseje ou se permita, voluntariamente.

Interessante dizer que, apesar de nos dedicarmos à procura de um político honesto, sabemos que o povo também se curva ao despotismo por vontade própria.

A aceitação da política podre é portanto, voluntária, passiva, ignorante e escravagista.

A quisemos assim.

Pobre povo!
Pobre Brasil.

Nenhum comentário: