Por Carlos Giordano Jr.

Divirta-se com Artigos, Crônicas, Poesias e Poemas, Gastronomia e Administração.
Direitos autorais reservados

domingo, 20 de novembro de 2016

Sou brasileiro, sou escravo!

Sou brasileiro, sou escravo!
Apoie essa droga de campanha.

Você trabalha com muita dificuldade em conseguir um emprego, por conta de uma tal crise política e econômica, aí pega seu salário e paga metade para o feitor do governo te roubar.

Com a outra metade você tenta pagar sua moradia, sua comida, água, luz e telefone, além de ter que pagar pela educação e pelo seu médico, remédio e internação caso um dia você fique doente e paga mais impostos sobre isso.

Com o que sobra, você tenta comprar um carro de péssima qualidade feito no Brasil e paga o maior preço do que qualquer país e a maior taxa juros do mundo se for financia-lo, paga a sua licença para andar, o seu IPVA, Seguro obrigatório, Seguro particular e um absurdo caso tenha que passar num pedágio, mas para isso, pare num Posto e abasteça com uma meleca de mistura de gasolina de péssima qualidade e pague mais impostos por ela, caso não seja roubado pela bomba adulterada.

Aí pega a sua família e vai passear feliz da vida, com 50 contos na carteira.

Depois de tomar a sua já tradicional multa, vc cai num buraco porque a tampa do esgoto estava rebaixada e fica sem os pneus e sem os amortecedores que ainda nem pagou.
Com os 50 paus, vc levanta a cabeça, sacode o pó do lombo, pega um táxi e vai votar porque é obrigatório, tá?

Só faltam as 30 chibatadas no pelourinho e voltar pra Senzala.

Bom dia pra quem não desiste!

Nenhum comentário: